.

.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O Verdadeiro Pai do Fusca

O jornalista e escritor holandês Paul Schilperoord defende, em seu novo livro Ware Verhaal van de Kever (A Verdadeira História do Fusca), uma teoria bastante polêmica: o verdadeiro inventor do Fusca não foi Ferdinand Porsche (pai de Ferry, o criador da Porsche), mas um judeu húngaro chamado Josef Ganz.
Ganz, que era engenheiro e jornalista, chamava seu invento de “Meu Besouro”, segundo o livro. E teve até um protótipo do carrinho fabricado por uma empresa alemã – na foto abaixo o chassi, produzido pela fábrica alemã de motocicletas Ardie. Mas não conseguiu financiamento para o projeto. Acabou sendo preso pela Gestapo, a polícia secreta nazista. Solto, foi para Suíça, mas se deu mal novamente: teve o projeto roubado.

Chassi do protótipo 30 (Ardie-Ganz)


Ferdinand Porsche e o protótipo W30 do Volkswagen

Após o episódio suíço, as ideias de Ganz teriam ido parar nas mãos de Adolf Hitler, que gostou do que viu. Entusiasmado, Hitler contratou Ferdinand Porsche para, a partir das ideias de Ganz, elaborar o “carro do povo”: o volkswagen. E assim nasceu o Fusca. Ganz faleceu em 1967, sem conseguir provar a fraude. Um pedaço da história de como Hitler confiscou a ideia do carro popular pode ser lido em http://www.ganz-volkswagen.org/. O livro de Schilperoord foi apresentado – com vários outros projetos de Ganz – no circuito de Zandvoort, na Holanda, dia 27/09/2009. Segundo as informações, estava presente o protótipo original criado por Ganz.

Fonte: Jornal da Tarde

Um comentário:

Fred Guilhon disse...

Parabéns p/ matéria!
Estamos melhorando e muito. rsrs